Os cortes de cabelo favoritos da mulheres.

23 de setembro de 2015

Tirando um ou outro corte mais ousado, os cabelos masculinos nem sempre sofrem muitas alterações de uma temporada para outra – mesmo porque a maioria dos homens é adepta aos cortes curtos; sendo assim, escolher a melhor moldura de acordo com o formato do rosto é sempre mais importante do que seguir uma tendência.

Escolher um corte ponderando estilo e praticidade é importante, mas às vezes pode ser interessante ouvir o que a mulherada tem a dizer.

Pensando nisso, a Barbearia Clube foi atrás de duas pesquisas realizadas por sites e marcas de produtos europeus que ouviram das mulheres quais cortes masculinos elas gostam mais usando celebridades como referência.

Entre os primeiros lugares apareceram famosos como os atores Bradley Cooper e Ryan Gosling, os cantores Justin Bieber e Harry Styles, da boyband One Direction, o príncipe Harry e o ex jogador David Beckhan

Confira os melhores cabelos masculinos na opinião das mulheres e escolha o seu próximo corte na Barbearia Clube:

 Untitled

Cortes masculinos – O cabelo do ator Bradley Cooper é um dos favoritos entre as mulheres. 

 

 

2

O cabelo de Ryan Gosling também agrada às moçoilas.

 

 

3

O cabelo de Harry Styles.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4

Cabelos masculinos – Justin Bieber.

 

 

 

 

5

 

O cabelo do príncipe Harry também aparece na lista.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

6

David Beckham não poderia faltar na lista dos melhores cabelos masculinos.

 

 

 

7

abelo afro masculino – O estilo descolado de Will.i.am agrada às mulheres.

 

8

Cabelo masculino – O corte do apresentador Joey Essex.

 

 

 

 

 

 

 

 

9

O corte ousado do jogador italiano Mario Balotelli lembra o cabelo do Neymar. 

 

 

 

10

O corte ousado do jogador italiano Mario Balotelli lembra o cabelo do Neymar. 

 

 

 

11

O cabelo super cool do cantor Rylan Clark.

 

 

12
O corte masculino do ciclista Bradley Wiggins.

 

Tipos de barba e o que combina melhor com você

16 de setembro de 2015

A barba virou o ícone do homem moderno. Se outrora era esquecida, rejeitada e tida como algo reservado aos marginais, agora ela voltou com muita força com todos os seus estilos. Agora resta a você, nobre admirador da barba, escolher o estilo que combine com seu rosto e com a quantidade de pelos que habitam sua epiderme facial.

Vamos a eles:

# Full Beard (barba cheia)

url

Esse estilo não reserva muitos segredos, você precisa ter uma barba completa. Esse é o requisito mínimo e o tamanho dessa “barba cheia” pode variar. Para quem tiver rosto mais gordinho, o barbeiro recomenda que se apare mais as laterais do que a parte do queixo, dando uma leve afinada no rosto.

# Contorno do Queixo 

Shave-your-style-Prague-ChinCurtain-Nikita3_2dc683fb5f

Esse estilo é ideal para quem tem poucos pelos na bochecha, porém precisa que os pelos da costeleta se estendam até o queixo. Homens com o rosto mais quadrado levam vantagem, mas não há mal nenhum em ter um rosto mais fino e usar esse estilo.

# Bigode

3973811580-bigode-3

Tem pouquíssimos pelos no rosto, mas quer ter alguma pelagem para botar moral? O bigode pode ser uma boa solução. Porém, todo cuidado é pouco: se os pelos do seu bigode forem muito grossos, você vai espetar muita gente por aí.

# Cavanhaque

brad-pitt-822890865-196264

Outro estilo que sempre está na moda é o bom e velho cavanhaque. Se tiver o rosto muito gordinho, o barbeiro aconselha você a não usar. Outro detalhe é que esse estilo demanda um cuidado maior em manter o desenho para não parecer relaxado.

# Pistoleiro

estilo_bigode_pistoleiro

Costeletas longas e um bigode que se estende até o final do queixo, esse é o estilo pistoleiro. A barba é um acessório que faz parte de quem a usa, por isso ter um estilo de barba que combine com você é ideal. No caso do estilo pistoleiro, não são todos que ficam bem com ele.

# Detalhe no Queixo

imgres

Ou você ama ou odeia. É só um detalhe no queixo, mas que pode deixar você muito charmoso ou extremamente brega. O barbeiro aconselha você a tentar e perguntar para pessoas a sua volta como que está; no caso de muitas negativas, escolha outro estilo.

Esses são apenas alguns dos inúmeros estilos que a barba pode ter. Voltaremos com mais nas próximas edições.

Mais informações, converse com nossos barbeiros aqui na Barbearia Clube.

Ninguém pinta como eu pinto

16 de setembro de 2015

Chega um dia na vida de um homem em que ele tem que tomar um difícil decisão: pintar – tinturar é o termo correto – ou não o cabelo. Seja por fios brancos que ousam aparecem ou por pura experiência pueril, talvez você se sinta impelido por um enorme desejo de tinturar as madeixas sem medo do que a sociedade vai pensar de você.

Fique tranquilo, o barbeiro aprova a sua decisão e vai te ajudar com algumas dicas básicas. Segue o baile:

#1 Escolha sabiamente a tintura, pequeno gafanhoto

Primeiro ponto aqui: não economize. Sério, já que vai se arriscar nessa intrépida viagem, faça-a com diligência e responsabilidade. Se está pensando em esconder os fios de cabelo branco, procure as tinturas com tonalizantes, sem amoníaco e que esteja próxima a cor natural dos seus cabelos. Assim você não matará ninguém de susto com a tintura. Agora, se quer inovar, taca-lhe pau na tintura que não seja apenas tonalizante. Vai radicalizar geral.

#2 Retocar é preciso

Nunca é demais lembrar que com o crescimento do cabelo a raiz que surge já terá a coloração de outrora. Nesse caso, a indicação é de retocar a raiz a cada 20 dias aproximadamente.

#3 Eu me pinto, eu me disfarço

Não adianta tinturar apenas o cabelo e achar que está abafando. Apenas estará sujeito ao ridículo. É necessário pintar também sobrancelhas, barba e bigode para manter a unidade e ser um pouquinho mais natural. Para garantir a vitória, pinte até os pelos do nariz.

#4 Barbeiro seja meu amigo

E, claro, não faça isso em casa, amigo. A ajuda do barbeiro aqui é essencial. Ele vai cobrir homogeneamente cada fio de cabelo e também evitar aquelas manchas indesejadas na pele. Confie no barbeiro. Ele jamais falhará.

Seja para tinturar ou cobrir os cabelos brancos, venha até a Barbearia Clube.

Barbearia Clube explica: A história do Bigode.

14 de setembro de 2015

mustache7

Bigode é o conjunto de pelos faciais, localizados entre o nariz e o lábio superior e é comum ser preservado por alguns homens junto ou não de uma barba.

Seu nome vem do termo alemão “bei Gott” traduzido como “por Deus!”, um juramento feito por soldados germânicos na Idade Média, enquanto eles levaram a mão à área facial entre o lábio superior e o nariz.

O bigode teve grande influência histórica, principalmente nos anos 30, em que seu uso era praticamente unânime entre homens, pois representava certa posição de respeito e masculinidade

Após a onda do metrossexualismo, nos anos 2000, o bigode caiu em desuso, sendo substituído por um visual mais bem alinhado e “limpo”. Por volta de 2010, no entanto, o movimento “hipster” trouxe o bigode de volta com força. Inclusive, na versão brasileira do programa “The Voice” (Globo), o participante Pedro Lima fez sucesso com o seu “bigode grosso” e acabou cativando o público.

Tão versátil e criativo quanto a barba, o bigode hoje marca presença diversificada no visual masculino e não é apenas restrito aos “hipsters”. Aqui, por exemplo, é enorme a variedade de tamanhos e estilos que já cuidamos. E você? Qual a história do seu bigode? Traga ele para a Barbearia Clube e conte para a gente.

Barbearias no Cinema. O Estranho Sem Nome.

11 de setembro de 2015

Um barbado desconhecido chega à pequena e empoeirada cidade de Lago, no Arizona. Ele passa no bar e pega uma garrafa de Whisky para matar a sede depois da longa viagem. Segue então para barbearia local, atrás de um trato digno e merecido no visual. Nas mãos de um barbeiro assustado e sob o olhar de três matadores, mal sabe ele que esse barbear vai custar mais do que alguns pêlos faciais.

Dirigido e estrelado por Clint Eastwood em 1973, “O Estranho Sem Nome” é um clássico do gênero Western, recheado de testosterona, balas e olhares afiados.

Filmado nas envolventes paisagens do oeste americano, o filme é obrigatório pra qualquer barbado que, assim como nós, sente falta dessa época sem frescura, onde as coisas se resolviam de macho pra macho.

Barba Encravada. Veja algumas dicas da Barbearia Clube para evitar.

9 de setembro de 2015

fazer-barba-feita1

Reparar barbas mal cuidadas é uma realidade diária dos nossos mestres barbeiros, aqui na Barbearia Clube. Um dos problemas mais comuns é a barba encravada, que afeta milhares de homens em todo o mundo e pode ser causada por bactérias, vírus ou fungos e, principalmente, por maus hábitos na hora de barbear

Veja alguns cuidados diários, indicados pelo nosso time de barbeiros, para você manter a sua barba saudável e livre de pelos encravados.

Corte
Use a lâmina no sentido do crescimento dos pelos – o sentido oposto (ação denominada como “escanhoar” a barba) pode fazer com que o pelo penetre por baixo da pele antes de ser cortado. O ideal é passar a lâmina o menor número possível de vezes sob a pele – quanto mais atrito, maior o risco de traumas e irritação.

Lâmina
Deve ser trocada a cada cinco dias. Quanto mais nova a lâmina, mais cortante ela é. Recomenda-se lavar a lâmina de barbear cada vez que passar no rosto, pois o acúmulo de pelos diminui a eficácia do aparelho.

Pós-banho
A melhor hora para fazer a barba é logo após o banho. A pele está mais macia e hidratada, os poros ficam mais dilatados e os pelos mais maleáveis, minimizando-se os traumas à pele durante o barbear. Enxágüe com água fria, pois ela fecha os poros e vasinhos, evitando sangramentos.

Esfoliação
Esfoliar a pele levemente, duas vezes por semana, ajuda a amenizar o problema. O procedimento contribui para manter a pele livre das células mortas, facilitando o caminho dos pelos até a superfície. Mas, atenção: esfoliação sempre antes do barbear, já que depois a pele está mais sensível e sujeita a irritações. Além disso, vá devagar para não eliminar as defesas naturais e abrir passagem para a ação das bactérias.

Cosméticos
Produtos adequados não melhoram a questão do pelo encravado, mas são fundamentais para uma boa saúde da pele. Depois de enxaguar o rosto com água fria aplique um gel ou creme pós-barba calmante e asséptico. Manter a pele hidratada também ajuda a manter uma barreira contra agentes agressores responsáveis por infecções.

Tratamentos
Peelings realizados em consultório médico ajudam a afinar a pele (o que garante mais facilidade para a saída dos pelos) assim como eliminam manchas provenientes de lesões antigas. No caso do aparecimento das bolinhas de pus, pode ser necessário a aplicação de antibióticos e antiinflamatórios, utilizados, é claro, apenas sob orientação médica.
Em qualquer situação, jamais esprema ou retire o pelo com pinça – isso potencializa a inflamação. Para aliviar, realize compressas geladas com chá de camomila, ou borrife água termal gelada.

Frequência
A ação de se barbear todos os dias aumenta as chances de os pelos encravarem. No entanto,o processo não engrossa os pelos. O pelo tem sua espessura geneticamente determinada: na adolescência são mais finos; na maior parte da vida adulta, engrossam progressivamente; e, depois, não afinam, mas tendem a ficar esparsos.

ATENÇÃO!
O primeiro cuidado a ser tomado é relativo à higiene. Lavar bem a pele antes de fazer a barba e manter o aparelho limpo é indispensável para a saúde da pele.

Barbearia Clube ensina: como fazer sua barba em casa

3 de setembro de 2015

Sabemos que pela correria do dia a dia, nem sempre é possível fazer a barba calmamente, com todo o cuidado que ela merece. Visitar a Barbearia Clube todos os dias também não deve funcionar.

Pensando nisso, seguem algumas dicas infalíveis para um barbear bacana todos os dias, em casa.

Primeiro de tudo, tenha a mãos o seu Poderoso Kit de Barbear da Barbearia Clube. Se não tiver, trate de comprar agora mesmo!

Se você já tem, preste atenção a todos os detalhes.

Preparação

Dentro de poucos minutos, sua pele será fortemente agredida por um instrumento de metal que ceifará a cobertura natural do seu rosto. Não é de se espantar que sua pele fique irritada. Por isso, se não puder fazer uma compressa com toalha quente, use o óleo pré-barbear Tony Jeitinho e deixe-o agir na pele por uns 2 ou 3 minutos. Ele abrirá os caminhos para a lâmina deslizar sobre o seu rosto com facilidade.

Barbear

Com a sua pele preparada para enfrentar a lâmina, agora chegou a hora do barbear. Mas antes disso, passe o creme de barbear Beto Navalha em seu rosto. Não precisa ser muito. É apena para formar uma fina camada e permitir o leve deslizar da navalha ou lâmina de barbear. Lembre-se sempre de guiar a sua lâmina no sentido que os pelos crescem, evitando assim aquela alergia típica de quem acabou de fazer a barba. Essa é a hora de fazer o desenho que deseja. Para isso, aconselhamos a navalha ou um aparelho com apenas uma lâmina.

Finalização

Sua pele está em polvorosa após o ataque da lâmina. É hora de dar uma acalmada. Indicamos o creme pós-barba Vito Calmaria. Passe-o calmamente sobre seu rosto e deixe ele por lá. Ele tem um cheio suave, bem agradável e todo mundo vai curtir. Vai na do barbeiro.

Agora você já pode fazer a sua barba a salvo.

Muito mais do que barba. Conheça as diferentes funções dos barbeiros no passado.

31 de agosto de 2015

barbeiro

Antes de cuidar do seu visual, como aqui na Barbearia Clube, os barbeiros jå tiveram muitas funções ao longo da história. No passado, eles eram pessoas influentes, conselheiros sociais, além de profissionais envolvidos com a solução de problemas de saúde do espírito e do corpo.

No século XVII e XVIII, os barbeiros eram profissionais que viajavam pelas cidades oferecendo seus serviços, que incluíam corte de cabelo, sangrias, benzedura e venda de raízes, dentre outras coisas. Como viajantes, eles levavam histórias variadas, vividas por eles nas localidades.

Além do serviço de barbearia, eles também praticavam o comércio e toda sorte de serviços rápidos demandados pelas comunidades, incluindo algumas práticas de cura.

Como na época não existia odontologia, por terem grande habilidade manual, os barbeiros faziam também extrações dentárias.

Com a volta das barbearias clássicas, resgatadas no Brasil pela Barbearia Clube em 2007, o barbeiro voltou a ter uma função estética, mas também social.

Cortes clássicos que nunca saem de moda

24 de agosto de 2015

Você é uma pessoa que tem sérios problemas com decisões arriscadas? Que não gosta de muito de inovações, mas que também não quer parecer alguém preso em algum vortex temporal que faz todos ao seu redor se sentirem no ano de 1550?

Bom, os cortes estão entrando e saindo de tendência muito velozmente, algo que só acontecia no mundo feminino. Pois não é que um belo dia você acorda e se depara com nomes tipo “Topknot”, “Long Fringe”, “Headband”  e afins?

O barbeiro tem misericórdia de você e indicará cortes que nunca sairão de moda. Bom, pelo menos até agora não saíram.

Razor Part

razor-6

Desde a década de 30, esse corte vem sendo um sucesso de público e crítica. Com as laterais bem aparadas e a divisão do cabelo feita com uma navalha, esse corte pode tanto servir para um advogado quanto para um estudante de Letras. Ele é um clássico, definitivamente.

Slicked Back

mens-slicked-back-haircuts

O nome em inglês assusta, mas esse corte é bem tradicional, datado da década de 50.

O esquema é cortar bem curto as laterais e jogar toda a cabeleira da parte de cima para trás. Para manter o penteado, use um gel ou pomada com boa fixação.

Militar

crew-cut-hairstyle

Bom, esse todo mundo conhece. É um corte bem sóbrio, mas que dá deixas para ser modelado na parte de cima, o que traz uma modernidade ao bom e velho visual milico.

Pronto! Agora você já tem opções que não serão motivo de chacota por parte de seus amigos, que agradarão todo mundo que você quiser conquistar e deixará a sua mãe com sorriso de orelha a orelha.

Guia básico da Barbearia Clube para o “vou deixar crescer”

19 de agosto de 2015

Você um dia acordou e decidiu “vou deixar o meu cabelo crescer”.

E sem mais, nem menos, seus cabelos começaram a crescer desordenadamente. Como se tivessem ouvido um tiro de escopeta e fugissem desesperadamente para qualquer lado.

Como pode um cabelo dar tanto trabalho, não é?

Depois de um tempo você cansou de tentar cuidar, ou simplesmente achou que era frescura demais, e agora seu apelido é “armação ilimitada”. Piadas à parte, você sabe que precisa cuidar do seu cabelão. Mas fique tranquilo, iremos te ajudar.

dee

#1 Lave com parcimônia

Se tem uma coisa que você não deve fazer quando está portando fios longos, é lavar o cabelo com muita frequência. Você produz mais queratina que a mulher, o que deixa seu cabelo muito oleoso, que fatalmente aumentaria a queda de cabelo. Nesse caso, seja prudente e não lave tanto assim o cabelo. O barbeiro indica um dia sim e outro não.

#2 Cabelo muito fino, condicionador é um perigo

Se você, jovem cabeludo, possui fios de cabelo muito finos é melhor ficar longe do condicionador, pelo mesmo motivo citado acima. Seu cabelo ficará mais oleoso com o condicionador, o que para um cabelo fino será o fim. Tome cuidado se não quiser virar um careca cabeludo.

#3 Use o tipo de shampoo para o seu tipo de cabelo

Primeiro, sem essa de usar shampoo feminino. Ele foi feita para mulher e vai danificar o seu cabelo. Segundo, se você tem cabelo seco, use shampoo para cabelo seco. Se é oleoso, use shampoo para cabelo oleoso. Uma fórmula simples que o barbeiro dá de bandeja para você.

long-hair-men-super-length#4 Não é porque é comprido que não deve ser cortado

Um erro recorrente quando o cara começa a deixar o cabelo crescer é achar que não precisa mais cortar. Ledo engano. Você precisa constantemente ir ao seu barbeiro e aparar as pontas, que sempre acabam sofrendo nesse processo.

Por isso, não deixe de vir até a Barbearia Clube. Aqui tem lugar para todos, inclusive você, nobre cabeludo. :)

Featuring Recent Posts WordPress Widget development by YD